Imprensa

Em 2021, equipes da Arteris Fluminense realizaram mais de 14 mil atendimentos em pista

7 de maio de 2021

Concessionária atua 24h por dia garantindo a trafegabilidade da rodovia. Acionamentos para atendimento mecânico e retirada de objeto da pista estão entre as maiores demandas da equipe de operações

Niterói, 07 de maio de 2021 – Entre janeiro e março de 2021 a equipe da Arteris Fluminense atuou 14.642 vezes em atendimentos em pista, garantindo a mobilidade de veículos e produtos essenciais pelos 322 quilômetros da BR-101 RJ/Norte, que atravessa o estado do Rio de Janeiro entre a divisa RJ/ES, em Campos dos Goytacazes, e Niterói. Entre os trabalhos mais desempenhados está o socorro mecânico, que representa 10.127 atendimentos. A retirada de objetos da via também é um serviço fundamental para garantir a segurança e é desempenhado de forma sistemática pelo time de inspetores de tráfego.

Outros atendimentos como socorro médico e guinchamentos também compõe o escopo de trabalho da equipe de operações. Diariamente, a concessionária recebe cerca de 220 acionamentos de usuário solicitando algum tipo de apoio. “Esse trabalho ininterrupto de nossa equipe contribui com a promoção da segurança, um dos valores mais estimados pela Arteris e uma de nossas maiores preocupações. Esse é o propósito que nos move diariamente na operação da BR-101 RJ/Norte”, comenta o diretor de operações, Alisson Freire.

Por trás de toda infraestrutura da BR-101/RJ existem cerca de 250 colaboradores empenhados em garantir uma viagem tranquila e segura para os mais de 70 mil usuários que trafegam diariamente pela rodovia. Esse time composto por inspetores de tráfego, operadores de guinchos, operadores de pipa, operadores de munk, socorristas e controladores do Centro de Controle Operacional da Arteris Fluminense trabalham 24h para garantir que o condutor chegue ao seu destino.

O desempenho desta equipe da concessionária tem papel fundamental na vida dos motoristas. Mesmo ocorrendo em menor proporção do que outros acionamentos de usuários, todo atendimento a acidentes exige a presença de equipes preparadas e capacitadas para agir diante de qualquer cenário. Em alguns casos, se faz necessário o envolvimento de até dez áreas de atuação distintas entre elas o resgate, operações, meio ambiente, equipe de conserva de pavimento e o apoio de instituições como a Polícia Rodoviária Federal e outros órgãos.

A Renata Dutra, chefe da 2ª delegacia da PRF no Rio de Janeiro, destaca a importância do trabalho integrado para o sucesso da operação de uma rodovia. “A parceria entre a PRF e a Arteris vai muito além da relação entre órgão público e concessionária. Através da união de forças entre esses dois braços é possível hoje promover não só atendimentos a acidentes e fiscalização de trânsito, mas também a segurança pública completa. Através de inteligência, monitoramento e intercâmbio de informações, hoje temos uma via muito mais segura para os usuário em termos viários e também de criminais”.

Além de promover a sinergia entre colaboradores, empresa e órgãos correlatos ao programa de concessão, a concessionária conta com um plano de contingência atualizado que contempla toda diversidade de cenários possíveis em uma rodovia. “Acreditamos que os investimentos na capacitação da equipe de atendimento e a modernização dos equipamentos é um passo importante na operação da rodovia. Trabalhamos com uma equipe preparada e sempre a postos para atuar em todas as ocorrências. O investimento também passa pela tecnologia na infraestrutura de comunicação para operação da via, como a implantação do rádio digital nas viaturas da Arteris, a rede de via fibra óptica ao longo da via e do monitoramento das câmeras pelo Centro de Controle Operacional”, afirma a gerente de operações da Arteris Fluminense, Simone Cardozo.

Os cuidados e preparos antes de iniciar a viagem também são fundamentais para seguir pelo trajeto sem comprometer a própria segurança e não colocar em risco os demais usuários. Por esse motivo, os condutores devem ficar atentos a revisão periódica do veículo. Essa prática garante a segurança do condutor e dos itens que estiver transportando.

Sobre a Arteris Fluminense – Concessionária responsável pela gestão dos 322 quilômetros da rodovia BR-101/RJ, conectando pessoas e dinamizando o transporte de cargas entre a Ponte Presidente Costa e Silva, em Niterói (RJ), e a divisa entre os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Desde o início da concessão, em 2008, a Arteris Fluminense investiu mais de R$ 3,3 bilhões em obras que proporcionaram mais segurança aos motoristas e desenvolvimento regional. A concessionária preza pela qualidade na prestação de serviços e possui uma grande infraestrutura à disposição de quem trafega pela rodovia, composta por 107 câmeras de monitoramento, 7 bases operacionais, 10 guinchos leves, 3 guinchos pesados, 2 caminhões pipas, 7 viaturas de inspeção, 1 motocicleta, 11 veículos de resgate, sendo 4 com estrutura de UTI móvel, entre outros. É uma das concessionárias da Arteris, empresa especializada em gestão de rodovias, com 3.200 quilômetros de vias em cinco Estados.

Saiba mais:

https://www.arteris.com.br/rodovias/fluminense/

https://twitter.com/Arteris_AFL



Mais noticias

Ver todas