Imprensa

Comunicado: água do Rio São João em Guaratuba-PR e Garuva-SC não deve utilizada para banho, pesca e consumo

13 de fevereiro de 2021

Medida preventiva é recomendada pela Defesa Civil, após derramamento de produto perigoso que escorreu pelo Rio

*atualizado às 12h24 – incluindo “Garuva-SC” no título

**atualizado às 16h34 – nome do produto perigoso corrigido: composto de Arseniato de Cobre Cromotado, nome comercial: Tanalith

Joinville, 13 de fevereiro. A Arteris Litoral Sul comunica que, por orientação da Defesa Civil, as águas do Rio São João não devem ser utilizadas para banho, pesca e consumo nas regiões dos municípios de Guaratuba-PR e Garuva-SC.

A recomendação é válida para este momento e até que as equipes de emergência concluam a avaliação da extensão do vazamento do produto perigoso – composto de Arseniato de Cobre Cromotado, nome comercial: Tanalith – que vazou no Rio na manhã de hoje – após tombamento de carreta na altura do km 679 da BR-376/PR – pista sul sentido Santa Catarina.

A equipe de Meio Ambiente da concessionária está em contato com a Defesa Civil do Município para apoio na mobilização de emergência e comunicação na orientação à população.

Mais informações sobre o acidente

Por volta das 6h30 da manhã de hoje, houve registro de acidente na altura do km 679,4 da BR-376/PR, em Guaratuba, na pista sentido Santa Catarina.

Tratou-se de uma colisão envolvendo um automóvel GM Celta, com placa de Curitiba-PR, e uma Carreta carregada com produto perigoso – composto de Arseniato de Cobre Cromotado, nome comercial: Tanalith – com placa de Três Cachoeiras-RS.

Os três ocupantes do automóvel se feriram levemente e foram encaminhados para hospitais da região. O condutor da carreta também se feriu levemente, mas não precisou ser conduzido à hospital.

Equipes da concessionária e órgãos de emergência foram prontamente acionadas para o local – atendendo os feridos, trabalhando na contenção do vazamento e limpeza do local. A pista foi liberada para o trânsito por volta das 10h45.

Mais informações sobre as condições do trânsito podem ser acompanhadas via twitter.com/arteris_als.



Mais noticias

Ver todas