Imprensa

Arteris Planalto Sul cria Corredor Ecológico na BR 116 em Santa Catarina

28 de junho de 2019

A Arteris tem compromisso com o desenvolvimento sustentável da infraestrutura do país, e por isso investe em ações que visam minorar os impactos causados ao meio ambiente, com a execução das obras realizadas nas rodovias em que atua. Em 2016 a Arteris Planalto Sul iniciou as atividades de recuperação de 45 hectares da faixa de […]

A Arteris tem compromisso com o desenvolvimento sustentável da infraestrutura do país, e por isso investe em ações que visam minorar os impactos causados ao meio ambiente, com a execução das obras realizadas nas rodovias em que atua.

Em 2016 a Arteris Planalto Sul iniciou as atividades de recuperação de 45 hectares da faixa de domínio situadas ao longo da BR-116/SC, rodovia sob sua concessão.

O projeto denominado “Corredor Ecológico”, tem objetivo de recuperar 105 áreas de preservação permanente ao longo da faixa de domínio da rodovia, com o plantio de espécies florestais nativas.  Com o enriquecimento da flora nestes locais foi possível realizar a conectividade de corredores ecológicos, que ficam situado nos municípios de Monte Castelo e Santa Cecilia/SC.

O enriquecimento destas áreas foi realizado por meio do plantio de mais de 40 mil mudas, de 38 espécies arbóreas nativas da região, respeitando a distância de segurança de dez metros do bordo da pista, de acordo com as normas regulamentadoras.

A conectividade entre os fragmentos de vegetação fortalece a rede hidrográfica local, o enriquecimento e diversificação dos componentes da flora e fauna. A vegetação preservada em torno de rios, córregos e nascentes, melhora o solo, a absorção da água da chuva, evitando enchentes e alagamentos, além proporcionar impacto positivo na preservação da bacia hidrográfica da região.

O monitoramento destas áreas foi finalizado no primeiro trimestre de 2019, e foi possível constatar resultados positivos com o desenvolvimento da vegetação e também vestígios da presença de animais de importância ecológica, com destaque o Bugio (Alouatta guariba) e a Jaguatirica (Leopardus pardalis) animais ameaçados de extinção.



Mais noticias

Ver todas