Imprensa

Arteris Litoral Sul realoca controladores de velocidade para novos pontos na BR-101/SC

7 de julho de 2020

Operação para implantação dos equipamentos nas regiões de Palhoça, Governador Celso Ramos e Balneário Camboriú inicia na noite de hoje – com continuidade na madrugada desta quarta-feira

Equipamentos para controle de velocidade com display serão ativados até 31 de agosto

Joinville, 7 de julho. Arteris Litoral Sul inicia hoje (7)* a operação para instalação de quatro controladores de velocidade na BR-101/SC, previstos para operar na região de Palhoça, Governador Celso Ramos Balneário CamboriúA ativação dos dispositivos deve ocorrer até 31 de agosto.

Desde às 20h, a concessionária já realiza a mobilização para implantação do primeiro equipamento na altura do km 233,6 da rodovia – sentido sulna região do Morro dos Cavalos. Os trabalhos geram restrição de fluxo em uma faixa da pista norte até às 6h da manhã desta quarta-feira (8).

Já no sentido sul, estão programadas quatro intervenções com bloqueios momentâneos de 40 minutos, para implantação do novo pórtico – sendo a primeira à meia-noite de hoje e outra às 4h da madrugada de quarta-feira. Das 4h40 às 6h, acontece a desmobilização das atividades.

Instalação e operação dos controladores 

A instalação dos demais equipamentos deve acontecer até o final do mês de agosto – nos quilômetros 141,4 da pista sul em Balneário Camboriú175,2 da pista norte em Governador Celso Ramos, e 233,7 da pista norte – também na região do Morro dos Cavalos em Palhoça. Os equipamentos são de fiscalização ostensiva com display externo de fácil visualização, e tem por objetivo o reforço na segurança viária da BR-101/SC.

Os dispositivos informam a velocidade registrada e fotografam as infrações. As imagens são enviadas automaticamente para o banco de dados da Polícia Rodoviária Federal, que emite a notificação de autuação de acordo com o artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro.

Esses controladores foram removidos ainda no final do ano passado da região da Grande Florianópolis. Agora, eles devem operar nos novos pontos definidos em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). 

*A operação pode sofrer alteração em caso de piora na condição do tempo. 

Mais informações: 


Mais noticias

Ver todas