• 13/01/2015 17:50:00

    Arteris entrega última etapa do Trevão de Ribeirão Preto

    Obras realizadas pelas concessionárias Autovias e Vianorte custaram R$ 120 milhões e serão entregues quatro meses antes do previsto

     

    A Arteris, uma das maiores companhias de concessões rodoviárias do País, inaugurou nesta segunda-feira (22/12) a última etapa do Trevo "Waldo Adalberto da Silveira", em Ribeirão Preto, uma das maiores obras viárias realizadas no Estado em 2014. A entrega final foi adiantada em quatro meses, já que inicialmente estava prevista para abril de 2015.

     

     

    "O Trevo de Ribeirão de Preto é a nossa principal entrega neste ano. Estamos muito satisfeitos em poder colaborar com a modernização da infraestrutura viária paulista. A Arteris está envolvida em um ciclo de R$ 10,8 bilhões de investimentos no período de 2008 a 2017. A expectativa é fechar 2014 com R$ 1,8 bilhões desembolsados", afirma o presidente da companhia David Díaz.

     

     

    No total, a antiga rotatória, com diâmetro aproximado de 2 km, será transformada em um complexo viário com 11,8 quilômetros de extensão. A remodelação do "Trevão" demandou investimentos de R$ 120 milhões, com implantação de oito viadutos, 20 alças de acesso e retorno e uma passarela com 450 m, que permitirá a travessia de pedestres e ciclistas, atendendo a normas de acessibilidade e adequação da malha viária urbana.

     

     

    Para o presidente das concessionárias paulistas da Arteris, Linomar de Barros Deroldo, houve um empenho grande das equipes envolvidas para que os prazos fossem cumpridos como determinado pelo governo. "Todas as etapas foram objeto de muito planejamento, a fim de que acontecessem de forma organizada, com o menor transtorno possível e com a mesma qualidade que a Arteris imprime em suas obras e na prestação de serviço à comunidade", ressalta Deroldo.

     

     

    A remodelação foi projetada para atender à demanda de tráfego para os próximos 30 anos. Recebendo uma média diária de 80 mil veículos, com picos de 8 mil por hora (das 7 às 8h30 e das 17 às 18h30), o "Trevão" canaliza o tráfego de seis locais diferentes - pistas Norte e Sul da Via Anhanguera, Rodovia Prefeito Antonio Duarte Nogueira (SP-322 - Anel Viário Sul de Ribeirão Preto), Rodovia Antônio Machado Sant'Anna (SP-255), avenida Castelo Branco (SPA-307/330) e Rodovia Abrão Assed (SP-333).

     

     

    A 1ª etapa compreendeu a ligação, ida e volta em pista dupla, de Ribeirão Preto (avenida Castelo Branco) a Serrana. Foi inaugurada em junho deste ano, dois meses antes da data final estipulada pelas empresas, beneficiando, aproximadamente, 1,5 milhão de motoristas. A entrega da 2ª etapa da remodelação, finalizada em setembro, garantiu a ligação da Pista Sul da Via Anhanguera (SP-330 - sentido Interior-Capital) com o prolongamento da Rodovia Prefeito Antonio Duarte Nogueira (SP-322 - Anel Viário Sul), localizado entre o Novo Shopping e o Jardim Manoel Penna, na sequência da Rodovia Antonio Machado Sant'Anna (SP-255).

     

     

    As obras, sob responsabilidade das concessionárias Autovias e Vianorte, ambas pertencentes à Arteris, foram finalizadas antes do prazo acordado com a Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo). O empreendimento atendeu reinvindicações antigas dos moradores de cidades como Sertãozinho, Serrana, Serra Azul, Cajuru, Brodowski, Orlândia, São Joaquim da Barra, entre outros, que trabalham e vêm visitar Ribeirão Preto.