• 30/09/2014 06:03:00

    Autopista Régis Bittencourt investe 70 milhões em obras de melhoria do Acesso Norte de Curitiba

    Curitiba, XX de agosto - Os usuários que trafegam na rodovia Régis Bittencourt / BR-116 identificam uma série de obras que estão em execução entre os municípios de Campina Grande do Sul e Colombo (PR). Estas intervenções, de responsabilidade da Autopista Régis Bittencourt, acontecem no Acesso Norte de Curitiba e compõem-se de três trevos: no km 12,8 (Santa Monica), km 15,3 (Vila Zumbi e Vila Liberdade) e km 17,5 (Atuba). Neste trecho também estão em construção 15 quilômetros de vias marginais que atenderão aos municípios de Quatro Barras, Campina Grande do Sul e Colombo. O investimento previsto é de mais de R$ 70 milhões e cerca de 300 empregados diretos e indiretos trabalham nesta fase das obras.


    As obras de implantação dos três trevos em desnível compreendem dispositivos com passagem inferior, do tipo trincheira, no município de Colombo. A obra do km 12,8, próximo ao Clube Santa Mônica, está em fase de terraplanagem e serviços de drenagem. As próximas etapas serão de implantação de viadutos e pavimentação, em ambos os sentidos, com previsão para início em outubro. A trincheira existente, localizada no km 12,7, receberá obras de melhoria de pavimento e terá alteração de tráfego, que passará de bidirecional para monodirecional, intervenção que será realizada após a conclusão das obras do trevo.


    A obra do km 15,3 está localizada na proximidade dos bairros Vila Zumbi e Vila Liberdade. O novo trevo permitirá os movimentos de retorno e acesso em ambos os sentidos da rodovia, com segurança. As equipes trabalham atualmente na implantação dos viadutos no local, com intervenções na pista sentido São Paulo, para concretagem das lajes do viaduto. O mesmo serviço será efetuado na pista sentido Curitiba e a colocação das vigas do viaduto está em andamento. Para esta etapa das obras, a Concessionária implantou desvios de tráfego em ambos os sentidos da rodovia e complemento da passarela existente para atender a população daqueles bairros.


    As obras de implantação das vias marginais acontecem em oito trechos intercalados, a saber:


    • Campina Grande do Sul
      Do km 0,7 ao km 2,2 e do km 5,8 ao km 8,3 - pista sentido Curitiba; Do km 6,1 ao km 6,6 - pista sentido São Paulo.
    • Colombo
      Do km 12,2 ao km 10,5; do km 14,5 ao km 13,1 e do km 16,3 ao km 17,5 - pista sentido São Paulo; Do km 13,3 ao km 14,8 e do km 16,2 ao km 17,5 - pista sentido Curitiba.

    Os serviços nestas frentes de obras são de drenagem e terraplanagem para a construção da nova pista lateral à existente. Alguns trechos já estão recebendo pavimentação. As vias marginais de Campina Grande do Sul estão com obras em fase final, com a pista já pavimentada e pintura da sinalização horizontal concluída na maioria da sua extensão. Na fase atual, a Concessionária está implantando as placas da sinalização vertical, passeio para pedestres e cobertura vegetal. Com a conclusão das obras, haverá melhoria no acesso a estas cidades, com mais conforto para os usuários e melhoria da segurança viária.


    Obras do trevo do Atuba


    O local em referência é o cruzamento no Trevo da Cruz do Atuba, no km 17,5. A Concessionária está executando obras de reformulação do trevo e a construção de uma trincheira adicional, paralela à existente, que possibilitará os movimentos veiculares sem conflito, acrescentando novas alças de acesso às futuras ruas laterais que estão sendo implantadas com o dispositivo.


    A obra ainda incluirá um desvio circular para acesso local e para a BR-116, adequação de vias para conexão com o tráfego local e implantação de passeio (para o trânsito de pedestres).


    Em razão do atraso na imissão de posse de áreas adjacentes ao Trevo do Atuba, cujos processos de desapropriação tramitam na 1ª e 2ª Varas de Colombo/PR, as obras do dispositivo não podem prosseguir e, por este motivo, foram paralisadas pela Concessionária em agosto. "Este atraso prejudica o cumprimento dos prazos de entrega, assim como a todos os usuários daquela região que aguardam a conclusão desta importante obra", afirma o Diretor Executivo da Autopista Regis Bittencourt, o Sr. Nelson Bossolan.


    A Concessionária recomenda que os usuários atentem para a sinalização das obras. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone 0800 70 90 116. O telefone gratuito 0800 717 1000 está disponível para o atendimento aos usuários com deficiência auditiva e da fala.


    Informações para Imprensa:


    Autopista Régis Bittencourt

    Jodely Muniz - Fones: (13) 3828-1600 / (13) 98180-6364 - jodely.dias@arteris.com.br

    FSB Comunicações - (11) 3165-9596
    Ana Paiva - (11) 3165-9638 - ana.paiva@fsb.com.br
    Luciano Fonseca - (11) 3165-9633 - luciano.fonseca@fsb.com.br
    Pablo Solano - (11) 3165-9593 - pablo.solano@fsb.com.br
    Guilherme Meireles - (11) 3165-9632 -
    guilherme.meireles@fsb.com.br
    Felipe Guimarães - (11) 3165-9650 - felipe.guimaraes@fsb.com.br