• 26/06/2017 17:45:00

    Arteris conquista Leão em Cannes com o app Speed-O-Track criado pela Dentsu Brasil

    De acordo com a Organização Mundial da Saúde/ONU, o Brasil ocupa o quinto lugar entre os recordistas em mortes no trânsito, atrás apenas da Índia, China, Estados Unidos e Rússia. Ainda segundo a OMS, um dos maiores fatores de risco para essa realidade é o excesso de velocidade praticado pelos motoristas. Foi neste cenário que o aplicativo para smartphones Speed-O-Track, recentemente lançado pela operadora de concessões de rodovias Arteris, com criação da Dentsu Brasil, foi premiado com o Leão de Bronze, na categoria Radio, no Festival Cannes Lions 2017.

     


    O objetivo é ajudar o motorista a respeitar os limites de velocidade das ruas e rodovias, de forma bastante inusitada. Avisos sonoros irão ajudá-lo a adotar um comportamento seguro, que pode salvar vidas.
    Ao fazer login no seu app de música, o aplicativo acessa todas as playlists da conta conectada e identifica a velocidade máxima da via em que o motorista está circulando. Quando o limite é ultrapassado, a música que está tocando no momento reduz de volume drasticamente, dificultando a audição. E mais: ao acessar uma playlist exclusiva da Arteris, a música acelera e só volta ao ritmo normal quando o veículo volta para o limite da velocidade permitida. Desta forma, o Speed-O-Track une tecnologia, inovação e diversão para oferecer um novo serviço para as pessoas. Assista aqui ao videocase: https://www.youtube.com/watch?v=MeEFvXk08lE

     

    A iniciativa está alinhada com a "Década de Ação pela Segurança no Trânsito" (2011-2020), instituída pela ONU, que prevê reduzir em 50% os acidentes fatais nas rodovias brasileiras neste período. O app está disponível gratuitamente para Android e iOS.

    "A inovação é um dos pilares da estratégia da companhia em seu esforço permanente de promover um comportamento seguro e humanizado no trânsito que salva vidas. Neste sentido, foi uma grande satisfação recebermos este reconhecimento, por meio do Leão de Bronze em Cannes", afirma a diretora de Comunicação, Marketing e Sustentabilidade da Arteris, Alessandra Vasconcelos. "Os aplicativos de navegação estão cada vez mais presentes nas vidas das pessoas, o que abre uma enorme oportunidade para o desenvolvimento de funcionalidades que podem tornar o trânsito mais seguro".

     

    Pesquisa recente da Arteris identificou que, apesar das intensas campanhas alertando sobre os riscos do excesso de velocidade, quase metade dos motoristas brasileiros admite infringir, mesmo que ocasionalmente, a velocidade máxima permitida nas vias. No Brasil, o trânsito tira mais de 40 mil vidas por ano, o que corresponde a uma taxa superior a 22 óbitos por grupo de 100 mil habitantes, acima da média das Américas (15,9 por 100 mil habitantes), dos países de média e baixa renda (20,1 e 18,3 por 100 mil habitantes, respectivamente) e mais que o dobro dos países de alta renda (8,7 por 100 mil habitantes).