Imprensa

Viaduto do Pompeia é liberado ao tráfego na BR 116 em Curitiba

25 de outubro de 2019

A obra do viaduto do Pompeia, no km 117 da rodovia BR-116, em Curitiba, foi liberado ao tráfego, nesta sexta-feira. O dispositivo já havia sido entregue pela concessionária, e aguardava intervenções da Prefeitura Municipal, como obras de interligação do viário com as vias municipais, que foram viabilizadas este ano.

Viaduto do Pompeia é liberado ao tráfego na BR 116 em Curitiba

A Arteris Planalto Sul investiu R$ 15,7 milhões na obra que vai trazer maior fluidez e segurança no tráfego da região.

Curitiba, 25 de outubro – A obra do viaduto do Pompeia, no km 117 da rodovia BR-116, em Curitiba, foi liberado ao tráfego, nesta sexta-feira. O dispositivo já havia sido entregue pela concessionária, e aguardava intervenções da Prefeitura Municipal, como obras de interligação do viário com as vias municipais, que foram viabilizadas este ano. As obras não estavam previstas no contrato de concessão, mas foi incluída para atender demanda do município de Curitiba.

“Com investimento de 15,7 milhões, a Arteris Planalto Sul executou a obra de implantação de interseção em desnível na Vila Pompéia (viaduto em curva), para proporcionar movimentos mais seguros de saída do bairro Tatuquara, no sentido norte da rodovia, atendendo uma antiga reivindicação da comunidade local”, destacou Cesar Sass, diretor de operações da região sul da Arteris.

A implantação do dispositivo de interseção nesse ponto, vai minimizar os congestionamentos diários no trânsito local e proporcionar melhoria na segurança viária e na trafegabilidade. A Francisco Xavier de Oliveira será a saída do Tatuquara para a BR-116. A entrada será pela Rua João Batista Bettega Junior. Entre as duas ruas, outros binários acessórios funcionarão como complemento às alças do viaduto.

A liberação dessa obra permite que a concessionária faça alteração no sistema viário gerando mais mobilidade e segurança. Dessa forma será possível eliminar o retorno em nível e o semáforo, minimizando acidentes do tipo colisão traseira e transversal.

A concessionária já investiu entre 2008 e 2018 – somente no trecho da BR-116 no Paraná – aproximadamente 357 milhões. No valor está incluso obras, conservação, manutenção e operação da rodovia.

Mais informações para Imprensa:

Arteris – Jodély Dias – Fones: (13) 3828-1600 / (13) 98180-6364 – jodely.dias@arteris.com.br

 



Mais noticias

Ver todas