Imprensa

Pesquisa da Arteris mostra que apenas 3% dos motoristas paulistas consideram o trânsito brasileiro seguro

12 de dezembro de 2018

Entrevistados apontam que o comportamento de risco ocorre principalmente em vias onde não há semáforo

11 de dezembro de 2018 – Quase 60% dos motoristas paulistas consideram que os pedestres agem de maneira perigosa no trânsito. Os dados são da pesquisa nacional sobre comportamento no trânsito, realizada pelo terceiro ano consecutivo pela Arteris, uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil.

Apenas 9% dos entrevistados consideram a conduta dos pedestres segura. Por outro lado, de acordo com o estudo da Arteris, 91% dos motoristas acreditam serem eles os principais responsáveis pela segurança viária, ante 9% que atribuíram maior responsabilidade aos pedestres.

O respeito às faixas de segurança é uma questão crítica. Os mesmos motoristas afirmam que, ao deixarem o volante e tornarem-se pedestres, nem sempre utilizam as faixas e passarelas (59%), o que demonstra uma atitude imprudente.

A boa notícia é a redução de 25% no total de mortes por atropelamento, considerando os onze primeiros meses de 2018, em comparação ao mesmo período de 2017. No trecho paulista da Fernão Dias a redução chega a 37,5%. “A segurança do pedestre é um dos focos da Arteris e temos investido progressivamente em frentes como educação, obras e melhoria das operações para a redução da mortalidade nas rodovias que administramos”, afirma helvécio Tamm de Lima Filho, diretor superintendente da concessionária.

Embora os atropelamentos representem a menor parcela dos acidentes registrados na rodovia Fernão Dias (1,64%), são os mais graves. De janeiro a novembro deste ano, cerca de 34% do total de mortes na rodovia foram por atropelamento, sendo que mais de 60% destes acidentes ocorreram até 1km de distância de uma das 86 passarelas existentes. “Numa rodovia, um atropelamento pode ter consequências terríveis tanto para quem atravessa a pista como para o condutor do veículo”, completa o diretor superintendente.

As ações empreendidas para reduzir as fatalidades compreendem campanhas direcionadas a pedestres e a motoristas, com mensagens enfatizando a necessidade de respeitar a sinalização e as leis de trânsito. Para o motorista, é importante ressaltar que deve ser dada preferência ao pedestre que está atravessando pela faixa. Caso acelere o carro, a conduta é passível de ser enquadrada como infração pelo código de trânsito, com penalidade que pode chegar à suspensão do direito de dirigir.

Além da conscientização para a mudança de comportamento, é essencial que as vias ofereçam condições seguras. A concessionária tem investido em obras de infraestrutura como implantação e adequação de passarelas, calçadas, iluminação, reforço de sinalização horizontal e vertical, instalação de telas de proteção, defensas metálicas e de concreto.

  • Metodologia – O estudo foi realizado entre os dias 17 e 28 de agosto deste ano com 2.689 motoristas brasileiros, convidados a preencher um painel eletrônico. Em São Paulo, foram entrevistados 389, desse universo, 69,3% dirige diariamente e 95,4% conduz um automóvel, sendo que 24,2% dirige mais de um tipo de veículo. A amostragem utilizou como referência informações do Ministério das Cidades/ Denatran/ CGIE/ Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach) e considerou as variáveis sexo, idade e região do país. A margem de erro para os índices globais apresentados na pesquisa é de, no máximo, 1,9%.
  • Sobre a Arteris Fernão Dias – Concessionária responsável pelos 570 quilômetros da rodovia Fernão Dias (BR-381), que liga as cidades de Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP), passando por 34 municípios paulistas e mineiros. A Arteris Fernão Dias tem sede na cidade de Pouso Alegre (MG) e possui contrato de concessão com a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) até 2033. A empresa, do Grupo Arteris, disponibiliza ampla estrutura de serviços aos usuários, o que inclui 223 câmeras de monitoramento, 13 bases operacionais, 25 guinchos, 13 viaturas de inspeção, 12 veículos de resgate, sendo seis com estrutura de UTI móvel, entre outros. O atendimento é realizado por meio do 0800-283-0381. Saiba mais: http://www.arteris.com.br/concessionarias/fernao-dias/
  • Sobre a Arteris – A Arteris S.A. é uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil em quilômetros administrados, com mais de 3.400 km em operação. Por meio de suas nove concessionárias, a Arteris administra rodovias localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, importante eixo econômico e industrial do País. A companhia é responsável pela operação de cinco concessionárias federais: Fernão Dias, Régis Bittencourt, Litoral Sul, Planalto Sul e Fluminense. Também detém as concessionárias estaduais Autovias, Centrovias, Intervias e ViaPaulista, que atuam no interior de São Paulo. A Arteris é controlada pela espanhola Abertis e pela canadense Brookfield e mantém programas permanentes de conscientização. Em 2016, recebeu o Prêmio DENATRAN de Educação no Trânsito, com o Projeto Escola Arteris, programa com foco na humanização do trânsito por meio da cidadania, ética e convívio social. Saiba mais: www.arteris.com.br.

 

  • Informações para Imprensa:
  • Arteris Fernão Dias

Luiza Gabrielle Brunhara – Fones: (35) 3449-6600 / (35) 9 9835-1505luiza.brunhara@arteris.com.br

Perfil do twitter: @Arteris_AFD

Felipe Aragonez – (11) 3165-9702 – felipe.aragonez@fsb.com.br

Fábio Soares – (11) 3165-9593 – fabio.soares@fsb.com.br

 

 

 

 



Mais noticias

Ver todas