Imprensa

Arteris conclui emissão de debêntures com captação de R$ 1,7 bilhão para a Régis Bittencourt

27 de novembro de 2019

São Paulo, 27 de novembro de 2019 – A Arteris, uma das maiores operadoras de concessões de rodovias do país, concluiu, na última segunda-feira (25), a liquidação da 8ª emissão de debêntures da Arteris Régis Bittencourt, no valor de R$1,7 bilhão. A operação aconteceu em duas séries distintas. A primeira tranche com volume de R$1 […]

São Paulo, 27 de novembro de 2019 – A Arteris, uma das maiores operadoras de concessões de rodovias do país, concluiu, na última segunda-feira (25), a liquidação da 8ª emissão de debêntures da Arteris Régis Bittencourt, no valor de R$1,7 bilhão.

A operação aconteceu em duas séries distintas. A primeira tranche com volume de R$1 bilhão, pagando IPCA + 4,5% a.a. e prazo final de 12 anos. A segunda tranche com um volume de R$ 700 milhões, pagando CDI+0,86% a.a. e prazo final de 8 anos. A coordenação da operação foi feita pelos bancos BTG Pactual, Itaú e Banco do Brasil.

O montante de R$ 1,7 bilhão faz parte da estratégia da companhia de reestruturar as suas dívidas para reduzir custo, alongar prazos e adequar os cronogramas de serviço da dívida.

“A Régis Bittencourt é um dos principais eixos de transporte do país e seu tráfego pedagiado costuma reagir positivamente com o aquecimento da economia. Além disso, a conclusão das obras de duplicação na rodovia, encerradas em 2018, solucionou um gargalo logístico na região e fez com que atingíssemos um estágio maduro do contrato, cujo prazo é 2033. Todos esses fatores resultam no sucesso da operação, uma vez que o mercado de capitais reconhece a qualidade do ativo”, afirma Gabriel López, diretor executivo econômico-financeiro da Arteris.

Esta foi a terceira emissão de debêntures realizada pela Arteris em 2019. As duas anteriores foram por meio das concessões estaduais Intervias e ViaPaulista, ambas no valor de R$ 400 milhões.



Mais noticias

Ver todas