Em 2013, a Arteris reforçou todas as suas ações relativas à segurança viária e fortaleceu sua adesão à Década de Ação pelo Trânsito Seguro 2011-2020. A iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) reúne o compromisso de governos de todo o mundo em adotar novas medidas para prevenir os acidentes no trânsito, a terceira causa de mortes na faixa dos 30 a 44 anos, que mata cerca de 1,3 milhão de pessoas por ano.

Diante desse cenário, a Arteris criou o Grupo Estratégico de Redução de Acidentes (GERAR), que tem status de prioridade na gestão cotidiana da companhia. O objetivo do grupo, formado por profissionais de diversas áreas, envolvendo todas as concessionárias, é desenvolver estudos e elaborar planos de ação para zerar o número de acidentes no ambiente de trabalho e reduzir o número de acidentes e mortes nas rodovias.

O plano de ação tem como orientação as seguintes premissas, baseadas nas dimensões Humana, Política, Técnica e Econômica:

Gestão da segurança no ambiente de trabalho: averiguar as condições de trabalho, fontes de perigo, rever processos para detectar eventuais riscos, estabelecer ações com foco na saúde e qualidade de vida dos trabalhadores, organizar e definir programa de treinamento contínuo.

Gestão da segurança viária: realizar diagnóstico da situação atual, detectar melhorias efetuadas e resultados obtidos, identificar, tratar e monitorar os pontos críticos nas rodovias.

Comportamento: educar e orientar os funcionários e prestadores de serviço para que tenham a atenção voltada para a segurança, estimular e apoiar os agentes de trânsito para que intensifiquem a cultura da segurança viária e atuem na mudança do comportamento dos pedestres.

Serviço de Atendimento Médico: estabelecer as melhores técnicas e práticas para efetuar o atendimento às vítimas de acidentes.

Infraestrutura: inserir segurança do trabalho e viária no planejamento, contratação e execução de projetos e obras.

Formação Viária: auxiliar órgãos públicos, centros de formação de condutores e a sociedade na reciclagem de motoristas.

Fomento à Fiscalização: atuar para que a Polícia Rodoviária intensifique seu foco na segurança viária e na fiscalização de trânsito.

Comunicação eficaz: definir e implantar processo eficaz de comunicação sobre as atividades e ações realizadas para a redução de acidentes.

Metas

  • Implantar a cultura de segurança no ambiente de trabalho com as melhores práticas trabalhistas.
  • Reduzir, ao menos em 50%, a quantidade de mortes registradas em acidentes rodoviários em 2010 até o ano de 2020, com acompanhamento anual para que a meta final seja atingida.